Intuição Materna

A nossa intuição de mãe é poderosa. Acreditem nisso! Permitam sentir essa força.

Falo isso porque já vi que há inúmeras mães que não se interiorizam para ouvir esses sinais divinos que chegam até nós. São tantas as demandas com os filhos e no trabalho; administrar o lar; atenção ao marido, contas a pagar, e-mails para responder, cuidar da beleza e da saúde, leituras, etc, etc, etc… É tanta coisa pra fazer que as vezes não dá nem tempo para simplesmente parar e ouvir aquela vozinha interior que habita em nós. Contando ainda que atualmente existem muitas informações na internet e nas redes sociais com dicas e receitas práticas para solucionar os problemas que eventualmente aparecem na lida com os filhos. Blogs de mães com várias orientações de como fazer; site de especialistas com explicações cientifica que respaldam a prática ideal; livros preparando as mulheres para a maternidade, palpites das mães experientes de nossa família que fizeram e deu tudo certo. A vizinha ou amiga que relatou como resolveu tal dificuldade e, amém, solucionou. Enfim, gracias que existe toda essa gama de conhecimento que você se apropria e prontamente pensa: “ufa… já estou bem preparada, vai dar tudo certo!”

Obviamente que esse otimismo é importante. Assim acontece comigo. Eu também faço minhas buscas e estudos acerca de assuntos sobre a maternidade que trazem mais esclarecimentos e bem-estar. Entretanto, para mim, o essencial nesse universo, que é o de se conectar com a luz da Mãe Divina para então, de forma confiante e segura, nos tornarmos a melhor mãe para nossos filhos. Isso sim, merece uma atenção especial. É essa ligação que nos dá acesso ao poder intuitivo da mulher. É silenciar, é ouvir, é encontrar dentro de nós o melhor caminho que devemos seguir para fazer a coisa certa e lidar com mais amor e paciência na condução dos cuidados e na educação de nossos filhos.

Quando eu estava gestante recebi o seguinte conselho de uma querida amiga de infância: “Gabi, você encontrará dificuldades sim e um monte de gente te falará o que você deve fazer ou deveria ter feito. Mas, siga a sua intuição de mãe, escute-a, pois ela te dará segurança para te tranquilizar e saber que você fez a coisa certa.” Este conselho está bem vivo em minha memória. Procurei segui-lo e os resultados estão sendo positivos. Vou exemplificar para vocês um pouco:

  • Não é nada fácil adquirir forças no momento em que seu filho recém-nascido está chorando muito e uma pessoa bem próxima diz: “Você não tem leite suficiente, esse menino está chorando com fome. Você terá que dar suplemento alimentar.” Daí você respira fundo e fala pra si que tem muito leite sim. O suficiente para alimentar bem meu filho e que Deus me dará a cada dia mais e mais leite.
  • Outra vez, Artur chorava muito e cada um que dizia uma coisa e ali a luzinha acendeu dentro de mim vindo a certeza de que o choro era proveniente de algum incômodo. O observei bem direitinho, até que tirei a fralda e encontrei um fio de cabelo. O removi e meu bebê se acalmou.
  • Em algumas circunstâncias, quando eu estava distante de Artur, sentia exatamente que ele estava acordando ou que ele ia começar a chorar.
  • O desmame me preocupava um pouco porque eu não queria introduzir o leite de origem animal para Artur e assim decidi incluir o leite vegetal na dieta dele para melhor nutri-lo sabendo que ele o aceitaria bem e que daria tudo certo. Alguns não aprovaram a ideia e então quando aconteceu o desmame de forma natural (há um mês), meu filho se adaptou bem e está cheio de saúde.

Venci a insegurança, os contratempos e atropelos na vivência de mãe de primeira viagem. Aprendi a importância de ouvir e seguir minha intuição e hoje sigo sorridente, confiante nas minhas escolhas de mãe direcionadas a beneficiar o meu filho.

Sabe um bom lugar e um ótimo tempo onde podemos aproveitar para exercitar essa interiorização? Quando vamos colocar nosso bebê/filho para dormir. Depois que ele dorme, o quarto está tão calmo, eis um maravilhoso espaço para silenciarmos e sentirmos uma harmonia apropriada para fazermos nossas orações, pedidos e agradecimentos para aumentar essa percepção intuitiva em nós. Faço assim, é maravilhoso!!

Intuição

Bom, é esse o conselho que dou para as mães: Escute e siga a sua intuição materna. Ela é impressionante. Dá-nos força para acreditar em nós mesmos e naquilo que estamos fazendo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s